WhatsApp
(11) 3865.9000
(11) 94082.5131WhatsApp

Escorpião | Biologia dos Escorpiões

Escorpiões: O procedimento da Controllar Dedetizadora é agendar com o cliente uma inspeção no imóvel com dia e hora pré-determinados e elaborar um diagnóstico, após a visita no local discriminamos os tratamentos que serão realizados e passamos o orçamento. Lembre-se controle de escorpiões requer empresas especializadas e produtos específicos para cada tipo de infestação e tipo de ambiente a ser tratado, sem que ocorram prejuízos ao homem ou ao meio ambiente.

Classe: Arachnida

Ordem: Scorpionida

Nome científico: Tytius serrulatus

Nome vulgar: Escorpião amarelo

Biologia:

Tamanho: 60 - 65 mm

Coloração: Amarelada

Reprodução: partenogênese (óvulos se desenvolvem gerando filhotes sem necessidade de fecundação, basta que a fêmea encontre calor e alimentação)

Alimentação: Baratas e outros insetos

Curiosidade:

A reprodução dos escorpiões difere quanto ao tipo. No escorpião amarelo ela se dá por partenogênese, isto é, os óvulos se desenvolvem originando um novo indivíduo sem a necessidade de uma fecundação, bastando para isto que a fêmea encontre boas condições de calor e alimentação. Dessa forma, a população de escorpiões amarelos é constituída somente de fêmeas. Esta característica de reprodução faz com que essa espécie seja disseminada com maior facilidade.

Abrigos:

- atrás de vasos sanitários

- roupas para lavar/passar

- batentes de portas

- tacos soltos

- dentro de sapatos

- sob pedras e entulho

- caixões em túmulos

- terrenos abandonados e mal cuidados

Prevenção e controle:

- Não se deve colocar a mão em buracos no solo, fendas em árvores e sob ninhos de cupim de montículo

- Proporcionar uma adequada conservação dos jardins não acumulando madeiras, telhas e outros materiais.

- Manter sempre um controle de baratas eliminado abrigo e alimento, e quando necessário providenciar o controle químico destes insetos.

- Não acumular materiais e restos de construção

- Sacudir roupas e sapatos antes de utilizá-los

- Evitar o acúmulo de madeira para lenha e outros materiais

- Utilização de ralos protetores.

Classe: Arachnida

Ordem: Scorpionida

Nome científico: Tytius bahiensis

Nome vulgar: Escorpião preto

Biologia:

Tamanho: 60 - 65mm

Coloração: Castanho escuro

Postura: de 15 a 20 filhotes

Reprodução: cruzada

Alimentação: Baratas e outros insetos

Curiosidade:

Nos escorpiões pretos, ao contrário dos amarelos, a reprodução é cruzada, havendo para isto a necessidade do encontro de machos e fêmeas em períodos determinados do ano. 

Abrigos:

- atrás de vasos sanitários

- roupas para lavar/passar

- batentes de portas

- tacos soltos

- dentro de sapatos

- sob pedras e entulho

- caixões em túmulos

- terrenos abandonados e mal cuidados

Prevenção e controle:

- Não se deve colocar a mão em buracos no solo, fendas em árvores e sob ninhos de cupim de montículo

- Proporcionar uma adequada conservação dos jardins não acumulando madeiras, telhas e outros materiais.

- Manter sempre um controle de baratas eliminado abrigo e alimento, e quando necessário providenciar o controle químico destes insetos. - Não acumular materiais e restos de construção

- Sacudir roupas e sapatos antes de utilizá-los

- Evitar o acúmulo de madeira para lenha e outros materiais

- Utilização de ralos protetores. 

1- O escorpião é hermafrodita? A reprodução dos escorpiões difere quanto ao tipo. No escorpião amarelo ela se dá por partenogênese, isto é, os óvulos se desenvolvem originando um novo indivíduo sem a necessidade de uma fecundação, bastando para isto que a fêmea encontre boas condições de calor e alimentação. Dessa forma, a população de escorpiões amarelos é constituída somente de fêmeas. Esta característica de reprodução faz com que essa espécie seja disseminada com maior facilidade. 

Nos escorpiões pretos, ao contrário, a reprodução é cruzada, havendo para isto a necessidade do encontro de machos e fêmeas em períodos determinados do ano.

2- Como controlar escorpiões amarelos e pretos? O escorpião amarelo e o preto são extremamente perigosos e devem ser controlados, a fim de evitar acidentes com crianças, pessoas idosas ou animais de pequeno porte.

O controle deste aracnídeo deve ser feito por profissionais da área, que conhecem a biologia e o comportamento, a simples aplicação de produtos poderá não ser eficaz, visto que normalmente o aparecimento de escorpiões esta associada à infestação por baratas.

3- Como manter os escorpiões fora de casa? Os escorpiões são difíceis de serem controlados e de mantê-los fora das casas. Você pode começar reduzindo a vegetação ao redor da casa, pois eles podem usar a vegetação como esconderijo. Outros locais utilizados para esconderijos são sob rochas, e também se enterram na areia, assim, deve-se observar muito bem o local onde for trabalhar ao ar livre, e é recomendado o uso de luvas.

Você pode também verificar as portas, para ter certeza que está bem selada e não têm vãos. Uma outra dica é utilizar uma luz negra para inspecionar periodicamente a casa. Os escorpiões brilham amarelo-esverdeado quando estão sob a luz negra.

(Fonte: Pragas On-Line www.pragas.com.br)

Controllar Dedetizadora Cuidando da Saúde Pública!

Controlar Escorpiões? Chame Agora Controllar Dedetizadora!

Biologia dos Escorpiões Eliminando os Escorpiões Espécies de Escorpiões Prevenção Contra os Escorpiões